Home » Psicologia » Dependência Química

Dependência Química

Dependência química

Definição

A dependência química é definida como uma condição física e psicológica que surge devido ao uso frequente de substâncias psicoativas (por ex. maconha ,crack, cocaína,etc.). Estas substâncias causam o surgimento de sintomas que afetam o Sistema Nervoso Central levando o indivíduo a se tornar dependente.

A dependência leva o indivíduo a apresentar alterações em seu comportamento interferindo em seu modo de viver e interagir com a sociedade.

Principais sintomas a serem observados:

  • ansiedade, insônia, irritabilidade, confusão mental ,desespero, alucinação , convulsões, afastamento social, descuido da própria aparência, etc.;
  • aumento da dose da droga com a finalidade de sentir seu efeito.

Tratamento

A Psicoterapia é indicada para o tratamento do indivíduo nesta condição, buscando auxiliá-lo na prevenção de contextos que o levem a utilizar a droga.

A Psicoterapia  ajuda o indivíduo na identificação de aspectos emocionais que o impulsionem ao uso ,  a ter instrumentos para saber lidar com os sintomas de abstinência e realizar orientação familiar.

Deve-se levar em consideração o trabalho de grupos de apoio como os Narcóticos e Alcoólicos Anônimos podendo ser associado a psicoterapia.

Casos de internação são indicados quando o indivíduo está sem controle algum em relação ao consumo de drogas e quando está colocando em risco a sua integridade física e de seus familiares.