Home » Psicologia » Prevenção de Suicídio

Prevenção de Suicídio

PREVENÇÃO DO SUICÍDIO

“A ideia do suicídio se trata de um aparente desfecho para uma história de muito sofrimento, de um quadro depressivo, um ato de desespero ou insanidade.”

 O comportamento suicida está frequentemente associado com a impossibilidade do indivíduo de identificar alternativas viáveis para a solução de seus conflitos, optando pela morte como resposta de fuga da situação estressante.

A falta de informação e esclarecimento sobre os riscos dos comportamentos autodestrutivos por parte dos familiares e dos próprios profissionais de saúde acarreta grande descompasso entre as necessidades daquele que apresenta a ideação suicida e a tomada de atitudes das pessoas de seu convívio.

A literatura mostra que a associação entre suicídio e transtornos mentais é de mais de 90%. Entre os transtornos mentais associados ao suicídio se destacam:

  • À depressão maior;
  • Abuso de álcool, drogas e
  • Transtornos de Personalidade tais como: bipolaridade, borderline, esquizofrenia e outros.

COMPORTAMENTOS QUE SINALIZAM UM PEDIDO DE AJUDA:

  • Alterações de comportamento;
  • Tristeza profunda ou Isolamento social;
  • Tratar de assuntos pendentes;
  • Ideias de autopunição;
  • Verbalizações de conteúdo pessimista ou de desistência da vida e;
  • Calma repentina

 

DETECTAR E TRATAR ADEQUADAMENTE OS SINTOMAS APRESENTADOS REDUZIRIA A TAXA DE SUICÍDIO.